Please reload

Notícias Recentes

7 Perguntas sobre Bichectomia

22/9/2017

1/10
Please reload

Últimas Notícias

Plástica pode reduzir flacidez do músculo do ‘tchauzinho’

26/05/2017

Pouco lembrada nos rituais de beleza, a região do músculo do “tchauzinho” tende a ficar flácida e desvitalizada com a falta de cuidados especiais aliada ao efeito natural do tempo sobre o corpo. Contudo, quem sofre com o problema estético pode revertê-lo com um procedimento capaz de diminuir o excesso de gordura e manter a área firme e viçosa.

 

 

Capaz de diminuir o excesso de gordura e flacidez, braquioplastia deixa a região do braço firme e sequinha

Foto: Shutterstock

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Chamada de braquioplastia, a cirurgia plástica consegue reduzir o excesso de pele e a gordura que está debaixo dos braços até o cotovelo, por meio de uma incisão de 10 a 20 cm na parte interna do membro superior. O procedimento, recomendado principalmente para mulheres e homens que sofreram com sobrepeso e perderam a capacidade de contração da cútis, também é indicado a quem apresenta a flacidez devido ao envelhecimento ou hereditariedade.

 

 

A técnica possibilita a correção do contorno dos braços, deixando-o homogêneo. “Ela devolve para o paciente a firmeza dos braços, recuperando sua autoestima”, afirma Marcelo Wulkan, cirurgião plástico e membro da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica (SBCP).

 

No entanto, esse tipo de cirurgia não consegue modificar músculos enfraquecidos. Nesses casos, apenas a associação com exercícios físicos é capaz de melhorar o tônus muscular. “As atividade físicas melhoram a aparência da região do ‘tchauzinho’, por isso é importante sempre aliá-las aos tratamentos estéticos", avalia Marcelo.

 

Por ocorrer numa região de grande movimento, a cicatrização da pele pode ser lenta após a realização do método cirúrgico. Durante o processo de recuperação, é preciso utilizar uma malha compressiva da axila até o cotovelo por até seis semanas. Com tamanho médio de 10 cm, a cicatriz fica posicionada nas axilas, sendo visível em posição vertical.

 

Lipoescultura no braço

Quando o problema é somente o acúmulo de gordura localizada na região, a lipoescultura é válida, pois nessa situação os pacientes costumam apresentar bom tônus muscular e elasticidade. A técnica, que retira apenas o excesso de gordura, é feita por meio de duas incisões, uma próxima da axila e outra no cotovelo. No pós-operatório, é aconselhável realizar drenagem linfática, entre sete e dez dias após dias após a cirurgia, para ajudar a diminuir o inchaço local.

Please reload

Please reload

Arquivo